PublicidadePublicidade

Em decisão, juíza de Anápolis faz elogio emocionante a advogado que não resistiu à Covid-19

"Foi uma das cenas que mais me tocaram em tantos anos de magistratura", disse Marianna Azevedo Lima Siloto

Avatar Danilo Boaventura -
Fórum de Anápolis. (Foto: Denilson Boaventura)

Titular da 1ª Vara de Família e Sucessões de Anápolis, a juíza Marianna Azevedo Lima Siloto usou uma sentença recente para homenagear o advogado Péricles Gioseffi.

Com 78 anos, o profissional faleceu há dois meses de Covid-19 e mesmo quando estava internado fez questão de participar de uma audiência judicial. O caso foi repercutido no perfil da OAB Anápolis no Instagram.

“Lúcido, embora debilitado, cumpriu seu papel na audiência realizada de forma remota, mesmo cheio de tubos e aparelhos”, mencionou a entidade de classe.

PublicidadePublicidade

Para Marianna Azevedo Lima Siloto, o esforço sobre-humano do advogado marcou a carreira dela como magistrada.

“Aproveitando o ensejo, registro a gratidão por todo o serviço prestado pelo saudoso Dr. Péricles Giuseppi, que sempre atendeu ao chamado da Justiça com um impecável profissionalismo e zelo, contribuindo sempre com alegria e disposição para a efetiva prestação jurisdicional. Ainda me lembro do último dia e que nos vimos em uma audiência judicial a qual ele, mesmo já internado, se fez presente ao ato. Foi uma das cenas que mais me tocaram em tantos anos de magistratura”, escreveu a juíza.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade