PublicidadePublicidade

Mulher é retirada de hospital pela polícia após armar confusão contra funcionário

Ela estava revoltada e começou a gritar e xingar o rapaz, inclusive com termos gordofóbicos

Da Redação Da Redação -

Policiais militares tiveram de se deslocar até o Hospital Municipal Jamel Cecílio, no final da noite desta quarta-feira (09), para ajudar um funcionário que foi alvo de uma situação constrangedora.

É que na unidade estava uma mulher de 31 anos que estaria falando alto pelos corredores e atrapalhando a paz e descanso de pacientes que estavam no local.

Para tentar controlar a situação, o funcionário se aproximou dela e pediu para que conversasse mais baixo, uma vez que ambientes hospitalares necessitam de silêncio.

PublicidadePublicidade

Foi neste momento que a mulher teria ficado ainda mais exaltada e começado a gritar e xingar o rapaz com os mais variados palavrões, inclusive com termos gordofóbicos, que a reportagem prefere não reproduzir.

Um policial de plantão foi chamado e teve de levá-la para o lado de fora, onde foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por desacato a funcionário público.

Agora ela precisará comparecer em audiência com a Justiça para prestar esclarecimentos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade