PublicidadePublicidade

No Jundiaí, namorada de oriental é presa ao tentar impedir ação da polícia

Reincidência do rapaz e ficha criminal extensa pelo mesmo crime só reforçou a suspeita dos militares

Da Redação Da Redação -
Visão noturna de Anápolis. (Foto: Pedro Henrique Santos)

Equipes da Polícia Militar (PM) em patrulha pelo Jundiaí, tradicional bairro da região Central de Anápolis, tiveram bastante trabalho na noite de sábado (24).

Isso porque um homem, de 43 anos, passou fazendo manobras de ziguezague em um Volkswagen Gol na pista próxima aos policiais.

O suspeito foi abordado e logo identificado com várias outras passagens por dirigir embriagado.

O hálito forte e a fala arrastada, além da forma como ele estava dirigindo, chamaram a atenção da guarnição, que ofereceu a ele a chance de fazer o teste do bafômetro.

Ele recusou fortemente no início, admitindo depois que teria bebido e fazer o teste acabaria fazendo ele ser preso novamente.

Diante disso, a PM decidiu encaminhá-lo até o Instituto Médico Legal (IML) para que fosse realizado um exame clínico.

Neste momento, a namorada do suspeito – que também estava dentro do veículo abordado – partiu para cima da equipe, xingando e tentando puxar o companheiro de volta.

O ato de desespero e ataque aos militares acabou fazendo com que a voz de prisão fosse dada a ela, que se juntou ao marido nas algemas, já que os dois se recusaram a ir de forma pacífica.

Desfecho inesperado

Surpreendentemente, o exame do IML acabou concluindo que o homem não estava sob influência de álcool.

Sendo assim, ele foi liberado pouco tempo depois na Delegacia Geral, porém, tendo o carro apreendido por conta de documentos atrasados.

Já a namorada acabou pagando a conta maior, uma vez que foi lavrado um Ato de Prisão em Flagrante contra ela, pelo crime de desacato.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade