PublicidadePublicidade

Caiado sanciona lei que expande o DAIA e autoriza a ampliação de quatro indústrias

Codego estima que aproximadamente 5 mil novos empregos diretos devem ser gerados

Da Redação Da Redação -
(Foto: Daniel Oliveira)

O governador Ronaldo Caiado (DEM) desembarca em Anápolis nesta terça-feira (27) para sancionar o projeto de lei que autoriza o Governo de Goiás a transferir área total de 175 hectares da Plataforma Logística Multimodal para a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego).

Segundo a autarquia, o espaço será utilizado para o assentamento de novas empresas. O presidente Renato de Castro participa da solenidade e estima que a vinda de novas indústrias para o local deve gerar aproximadamente 5 mil novos empregos diretos.

Caiado também assina o termo de assentamento para que quatro indústrias ampliem suas plantas fabris no Distrito Agroindustrial de Anápolis (DAIA), com investimentos na ordem de R$ 56,4 milhões e expectativa para criação de mais de 500 postos de trabalho, e anuência para que os Correios implantem uma agência empresarial no local.

De acordo com a Codego, a unidade será a segunda no país a funcionar dentro de um distrito industrial com 1.100 metros quadrados de área construída, com estacionamento de veículos e espaço para carga e descarga de encomendas.

Em junho, a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) aprovou o projeto de lei nº 5988/21, proposto pela Governadoria do Estado e relatado pelo deputado Amilton Filho (SD), que autorizou a transferência das duas áreas para a Codego.

A incorporação dos terrenos possibilitará a criação de 108 módulos industriais, que serão destinados ao assentamento de novas empresas em Anápolis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade