PublicidadePublicidade

Ato bolsonarista em Anápolis trouxe Wolney Martins, culto à ditadura e oração pela família tradicional

Manifestantes também fizeram críticas ao STF, Congresso Nacional e ao “comunismo”

Avatar Danilo Boaventura -
Bolsonaristas manifestando a favor do presidente da república (Foto: Matheus Brandão)

Quem passou pela Praça Dom Emanuel, no bairro Jundiaí, na manhã deste feriado de 7 de setembro, se deparou com centenas de manifestantes favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Vestidos de verde e amarelo e com a bandeira do Brasil, eles seguravam cartazes contra o Supremo Tribunal Federal (STF), o Congresso e o “comunismo”.

Vários políticos locais subiram no trio elétrico, mas o que mais chamou a atenção foi o ex-prefeito Wolney Martins (PP), de 84 anos. O político, eleito deputado estadual por quatro vezes, governou Anápolis entre 1980 a 1982 e 1992 a 1996.

PublicidadePublicidade

Os presidentes da época da Ditadura Militar (1964-1985) também foram lembrados com fervor pelos organizadores no microfone.

Muitos pastores evangélicos estiveram no ato e fizeram orações por Bolsonaro, a família tradicional e os “bons costumes”.

A Polícia Militar não registrou nenhum incidente durante a manifestação.

No período da tarde a mesma praça deve ser palco de protestos contra o presidente da República e a alta nos preços dos alimentos e combustíveis.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade