PublicidadePublicidade

Gerente é presa por suspeita de desvio de R$ 2,5 milhões de cooperativa goiana

Na casa dela, a Polícia Civil encontrou cerca de R$ 2 milhões em espécie e cheques

Augusto Araújo -
(Foto: Divulgação/PC)

A Polícia Civil prendeu uma gerente de banco em Palminópolis, nesta terça-feira (28). A funcionária é suspeita de ter desviado R$ 2,5 milhões da conta de uma cooperativa agrícola da cidade.

Somente na casa da suspeita, foram apreendidos cerca de R$ 2 milhões, divididos em dinheiro e cheques.

A bancária irá responder pelos crimes de furto mediante fraude, associação criminosa, falsidade ideológica.

A equipe policial ainda fará uma investigação para identificar se houve a participação de outras pessoas no desvio de verba.

A operação, denominada Veneziano – em menção a um sistema comum de registros financeiros utilizado por empresas – cumpriu, além do mandato de prisão temporário da gerente, quatro mandatos de busca e apreensão em Palminópolis e um em São João da Paraúna.

 

 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade