PublicidadePublicidade

O que ainda falta para Goiânia, Aparecida e Anápolis suspenderem o uso obrigatório

Portal 6 consultou os municípios e tem a resposta para pelo menos dois deles

Karina Ribeiro -
(Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Com o avanço da vacinação, queda no número de leitos destinados à Covid-19, flexibilização das normas sanitárias, anúncio da retomada às aulas presenciais e eventos-testes começando a pipocar em várias cidades do estado, o assunto natural colocado nas rodas de conversa é: “e o uso obrigatório da máscara?”

Ao longo desta quarta-feira (06), o Portal 6 conversou com assessores e autoridades sanitárias dos três maiores municípios de Goiás afim de entender como está sendo desenhada essa nova etapa para a vida dos moradores dessas regiões.

De forma distinta, Aparecida de Goiânia e Anápolis informaram em nota que, mesmo com cautela, esse tema já está no radar dos comitês especializados.

PublicidadePublicidade

Segundo a Prefeitura de Aparecida de Goiânia, o foco atual é avançar a imunização até que 70% da população esteja com o esquema vacinal completo. Ou seja, com a primeira e segunda doses aplicadas.

“Com o esquema vacinal completo, o assunto poderá ser debatido pelo Comitê Municipal de Prevenção e Enfrentamento à Covid-19, mediante análises técnicas e científicas’.

Até o início deste mês, 42% da população aparecidense já estava imunizada com as duas doses da vacina.

Já a Secretaria Municipal de Saúde de Anápolis diz que a retomada das atividades e o avanço de eventos-testes servirão de base para a tomada desse tipo de decisão.

‘A Secretaria Municipal de Saúde iniciou a retomada de atividades presenciais no município e, avaliando periodicamente o cenário, pode editar normas complementares que se façam necessárias’.

A Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia foi a única a dizer que esse assunto sequer está sendo discutido pelos técnicos.

O Portal 6 também procurou o Governo de Goiás para comentar o tema, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem.

Quem já?

Na vanguarda da desobrigação do uso de máscara para combater à Covid-19 está o município de Duque de Caxias (RJ), cujo decreto municipal do último dia 05 determinou o fim da obrigação na cidade considerando o ‘alto número de pessoas vacinadas contra o novo Coronavírus no município’

Já as cidades de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) estudam abolir o uso de máscaras em locais públicos a partir da segunda quinzena de outubro.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade