PublicidadePublicidade

Saiba o que deve funcionar durante a greve dos médicos da rede municipal de Anápolis

Profissionais cruzam os braços a partir desta sexta-feira (15), mas prometerem manter alguns serviços

Pedro Hara -
UBS São José/Jardim Petrópolis. (Foto: Divulgação/Semusa)

Após decidir entrar em greve a partir desta sexta-feira (15), os médicos sindicalizados da rede municipal de Anápolis divulgaram uma circular informando quais serviços devem ser mantidos durante a paralisação.

Nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) os profissionais realizarão apenas atendimentos de urgência e emergência. Atendimentos de outra natureza devem ser direcionados às Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Eles também garantem que darão expediente nas Unidades Básicas Especializadas para os casos de urgencia e emergência. A prescrição de medicamentos de uso contínuo e controlado igualmente permanecem garantidas.

PublicidadePublicidade

Já atendimentos eletivos, conforme o documento, estão suspensos até o término da greve.

Médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e da Regulação seguem trabalhando normalmente.

O Sindicato dos Médicos de Anápolis (SIMEA) diz que pretende tirar dúvidas sobre atendimentos pelo WhatsApp (62) 3099-1760.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade