Funcionários da Saneago são agredidos e ameaçados de morte em Anápolis

Em ambos os casos, os colaboradores estavam em procedimentos de rotina quando foram abordados de forma violenta

Da Redação -
Região do “Porto Rico”, na Vila São Joaquim. (Foto: Google Maps)

Dois casos envolvendo violência contra funcionários da Saneago foram registrados pela Polícia Militar, na segunda-feira (25), em diferentes bairros de Anápolis.

O primeiro ocorreu na Vila São Joaquim, em uma região residencial e de comércio conhecida pelos moradores como Porto Rico, depois que o colaborador da companhia fez a leitura da conta e estaria colocando na porta de um estabelecimento.

Um homem teria saído imediatamente de dentro da loja e dito que não era para deixar a fatura no local. Não satisfeito, ainda teria sacado uma faca, atirado pedras e dito que buscaria uma arma de fogo se o trabalhador não saísse dali. Uma das pedras o acertou a vítima no pé.

PublicidadePublicidade

Já o segundo caso foi registrado em um lava jato da Vila Jaiara. O funcionário da companhia teria ido até o local para apurar uma possível irregularidade no esgoto, mas a ação não teria agradado o proprietário do espaço, que pegou uma pistola calibre 9 mm para fazer ameaças.

Nesta situação, em especial, os militares tiveram de realizar uma busca e encontraram a arma debaixo de um tapete do banco de trás de um carro.

Ambos os casos devem ser investigados pela Polícia Civil como ameaça.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.