PublicidadePublicidade

Congelamento do ICMS entra em vigor em Goiás e gasolina deve ter preço fixo de R$ 6,55

Medida é válida até o final de janeiro e se estende também ao etanol, diesel e gás de cozinha

Rafaella Soares -
(Foto: Wesley Costa)

Desde segunda-feira (1º) está valendo a medida anunciada pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) de congelar em R$ 6,55 o valor do litro da gasolina a partir do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

A expectativa da gestão estadual é de que os consumidores goianos não paguem acima deste valor quando precisarem abastecer, mesmo com novos reajustes estabelecidos pela Petrobras.

Além da gasolina, a determinação do chefe do Executivo estadual é que o congelamento valha para o óleo diesel (R$ 4,98), gás de cozinha (R$ 8,04 o quilo) e etanol hidratado (R$ 4,77).

PublicidadePublicidade

“O que passar desses valores não terá o imposto”, garantiu Caiado.

Vale lembrar que a intervenção deve vigorar até 31 de janeiro de 2022.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.