Caiado anuncia programa para garantir absorventes gratuitos à mulheres em vulnerabilidade

Expectativa é de chegue a 146 mil o número de beneficiadas e critérios de distribuição já foram definidos

Rafaella Soares -
Ronaldo Caiado é governador de Goiás. (Foto: Daniel Oliveira)

Foi encaminhado para a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), na quarta-feira (03), o projeto de Lei do governador Ronaldo Caiado (DEM) que quer implantar o Programa Goiano de Dignidade Menstrual.

A iniciativa foi pensada para atender cerca de 146 mil mulheres e a expectativa é garantir acesso gratuito aos absorventes higiênicos para as mulheres em vulnerabilidade e que estejam na rede pública de ensino, em situação de rua, em extrema pobreza ou cumprindo pena no sistema prisional.

Para que o projeto funcione, estão previstos anualmente os investimentos de R$ 16,6 milhões da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), R$ 595,2 mil da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds) e R$ 95,9 mil da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP).

PublicidadePublicidade

“O Estado assume todos os gastos e será responsável pela distribuição de 100% de absorventes para jovens, adolescentes e mulheres vulneráveis de Goiás. É dessa maneira que governamos, fazendo chegar o dinheiro que é do povo para o benefício da população”, afirmou Caiado.

O Dignidade Menstrual utilizará os dados do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e do Sistema de Gestão Escolar da Secretaria de Estado da Educação para selecionar as mulheres que receberão os absorventes.

Dentro dos objetivos do programa está ainda a fabricação de protetores menstruais higiênicos de baixo custo por microempresas e por pequenas empresas.

A matéria agora passará pelos deputados e, se aprovada, voltará para as mãos do governador para ser sancionada.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.