PublicidadePublicidade

Deixar o celular carregando a noite toda é perigoso ou não?

Tecnologia, consumo de energia e até explosão. Veja o que pode acontecer quando se deixa o aparelho carregando nesse período do dia

Anna Júlia Steckelberg -
Deixar o celular carregando a noite toda é perigoso ou não?
(Foto: Reprodução)

Vamos ser sinceros, quem não carrega o celular a noite para quando acordar ter ele completamente carregado e pronto para ser usado? Bom, essa situação bastante comum é uma faca de dois gumes. Afinal, deixar o celular carregando a noite toda é perigoso ou não? 

Deixar o celular carregando a noite toda aumenta o consumo de energia?

Primeiramente, vamos pensar em uma coisa. Considerando que a maioria dos aparelhos demora uma média de duas horas para carregar completamente, não seria um desperdício mantê-lo conectado? 

PublicidadePublicidade

Sem rodeios, quando o aparelho está conectado e se mantém assim a noite toda, a situação muda um pouco de figura. Logo, o consumo aumenta, mas não o suficiente para causar preocupações.

Assim, caso ele fique conectado depois de atingir os 100% de carga, situação em que ele consome aproximadamente 2,4 W, o montante gasto ao final de um ano não deve ultrapassar aproximadamente R$ 14. Porém, multiplique isso pela quantidade de pessoas em uma casa e já podemos ter um valor considerável.

Pode explodir?

Pode se despreocupar! A possibilidade de o aparelho explodir quando conectado à tomada é muito pequena. Isso porque, os aparelhos e carregadores modernos cortam boa parte da energia que corre entre os dispositivos depois que a carga está completa. Logo, isso acaba evitando sobrecargas e outros problemas que podem prejudicar ambos.

Porém, todos os componentes (carregadores e baterias) têm um ciclo de vida que pode ser perigoso como o tempo. No entanto, esse tempo, geralmente, é maior do que o período no qual o aparelho vai permanecer com a pessoa.

Salvando o dia

Por fim, podemos concluir que apesar do baixo impacto de deixar o smartphone conectado a noite toda, ainda podemos afirmar que essa não é a solução ideal que concilia sustentabilidade e comodidade. No entanto, um aspecto que está chegando aos poucos nos dispositivos mais recentes pode representar a “salvação” para esses casos.

Dessa forma, o carregamento rápido, recurso que já integra boa parte dos aparelhos recém-lançados, promete acabar com as longas horas de carregamento dos smartphones. Com a promessa de levar a carga de 0 a 50% em poucos minutos, a funcionalidade parece ser a opção para abandonarmos de uma vez por todas a prática de mantermos o celular conectado a noite toda.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.