6 edifícios modernos e peculiares de Goiânia que é impossível não chamar a sua atenção

De arranha-céu a obras inacabadas, eles trazem perspectivas distintas da arquitetura urbana da capital

Pedro Ribeiro -
Órion, maior prédio do Centro-Oeste (Foto: Reprodução Órion)

Andando por Goiânia, muitas vezes nos deparamos com construções diferentes e inusitadas. O Portal 6 preparou uma lista para você conhecer alguns desses edifícios, que fazem parte do contexto urbanístico e contrastes na capital.

1- Órion Business & Health Complex

O edifício localizado na Avenida Portugal, o Órion possui mais de 190 metros de altura. O prédio é o maior da região Centro-Oeste, além de ser um dos maiores do Brasil. Anunciado como um complexo de saúde, a estrutura conta com um hospital, hotel, shopping e escritórios. São 50 andares, um centro de convenções e um restaurante rooftop com vista 360º para toda a região metropolitana de Goiânia.

2- Kingdom Park Residence

O maior prédio residencial do Centro-Oeste também está em solo goianiense. A torre possui 180 metros de altura e conta com 52 pavimentos. No topo do edifício, há uma usina eólica voltada para a produção de energia utilizada nas áreas comuns do prédio, assim há uma redução no custo com eletricidade. Cada apartamento tem em média 482m² e a obra demorou cerca de 42 meses para ficar pronta, tempo considerado recorde devido as proporções do empreendimento.

Edifício Kingdom Park (Foto: Reprodução)

3- Victorian Living Desire

Com 31 andares, a construção chama atenção por um fator interno. Este é o primeiro edifício do Brasil com elevador exclusivo para carros. A tecnologia com o nome de SkyDrive, consegue transportar o veículo do subsolo para dentro do apartamento de 404m². Os moradores contam ainda com mais 4 vagas de garagem localizadas na parte subterrânea do prédio. Até o cantor Gusttavo Lima se encantou e comprou um apartamento no edifício. Já pensou ser vizinho do embaixador?

Victorian Living Desire (Foto: Reprodução)

4- Excalibur

Para muitos esse edifício é emblemático na capital goiana. O prédio ficou conhecido pelo caso das piscinas suspensas em cada um dos apartamentos. A história inusitada fica por conta de que, por muitos anos, não era possível utilizá-las. O motivo: um erro de cálculo que não contava com o peso da água e colocava em risco os moradores dos andares a baixo. Atualmente o problema já foi resolvido e o Excalibur possui um dos maiores metros quadrados de apartamento em Goiânia. São cerca de 923m². Alguns dos imóveis conta com banheira de hidromassagem em todos os banheiros.

Excalibur (Foto: Reprodução)

5- Prédio inacabado da Avenida Araguaia

A construção circular localizada na região central de Goiânia foi projetada na década de 1990. Segundo o trabalho de conclusão de curso do arquiteto Matheus Vaz, publicado em 2017, o prédio deveria ter salas comerciais voltadas para a área da saúde e também seria a sede de um laboratório. De acordo com o arquiteto, o projeto começou a ser construído em 1994, mas foi interrompido por falta de pagamentos.

Construção inacabada no centro de Goiânia (Foto: Reprodução Maps)

6 – Prédio Redondo da Rua 3

Pouco se sabe da estrutura arquitetônica do prédio localizado na rua 3, no Centro. O conceito diferente e não convencional para apartamentos de hoje em dia, chama a atenção.

Prédio Rua 3 (Foto: Reprodução Maps)

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.