Policías Civil de Goiás e Mato Grosso prendem mulheres que estavam aplicando golpe da caminhonete

Cinco já foram presas e os investigadores buscam identificar mais golpistas que se valem da mesma tática

Karina Ribeiro -
Caminhonete de luxo fruto de golpes na internet. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) em conjunto com a Delegacia de Repressão a Entorpecentes da Polícia de Mato Grosso (MT) cumpriram cinco mandados de prisão temporária de mulheres suspeitas de aplicar golpes envolvendo carros de luxo.

Elas residem em Cuiabá, capital do Mato Grosso, mas fizeram vítimas em Goiás.

Bastante usado na compra e venda de carros usados ou seminovos, os criminoso utilizam os anúncios de terceiros na internet para ‘negociar’ automóveis.

Em um dos casos, uma moradora de Goiânia, induzida ao erro, acreditou que estava adquirindo uma caminhonete de luxo e acabou efetuando um depósito no valor de R$ 160 mil.

De forma muito semelhante, uma vítima de Rio Verde, no Sudoeste do estado, sofreu prejuízo de R$ 138 mil, também acreditando que estaria adquirindo o mesmo bem.

As cinco suspeitas foram identificadas e presas em Cuiabá e as polícias Civil de ambos estados buscam identificar mais envolvidos.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.