Polícia prende mãe que abandonou filho deficiente de 10 anos na rua

Apuração aponta ainda que a situação era corriqueira e a criança pode ter sofrido abuso sexual

Karina Ribeiro -
(Foto: Captura / Reginaldo Rosa)

Uma mulher, de 31 anos, foi presa em flagrante nesta terça-feira (07) por abandono de incapaz. Ela é suspeita de deixar o filho, de apenas 10 anos e que apresenta sinais de deficiência, jogado à própria sorte pelas ruas do Setor Rio Formoso, em Goiânia. A denúncia foi feita de forma anônima ao Conselho Tutelar da Região Oeste.

Ao se dirigir ao local, conselheiros tutelares encontraram um menino, de 10 anos, perambulando pela via pública. Outro fator constatado é de que o menor apresenta indícios de violência,  já que não conseguia verbalizar qualquer tipo de informação que permitisse assisti-lo.

Os integrantes decidiram então questionar os vizinhos, que apontaram o endereço da genitora e, ainda, disseram que a cena é comum e que havia boatos que indicam que ele pode ter sido abusado sexualmente por desconhecidos durante o período em que permanece na rua.

Os fatos foram encaminhados para a Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA). Durante interrogatório, a genitora da criança disse que o filho insistia para sair de casa e ela simplesmente deixava.

Embora tenha sido concedido à mãe o direito de fiança, ela não pagou e está presa, à disposição da Justiça. A criança, por sua vez, foi entregue ao Conselho Tutelar que adotará as medidas cabíveis.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.