Especialista de Anápolis explica como diferenciar os sintomas da dengue e da Covid-19

Casos registrados pela pandemia ainda são uma realidade. Já os índices de dengue estão alta e deixando toda a cidade em alerta

Lucas Tavares -
Unidade de Pronto Atendimento Dr. Alair Mafra Andrade, na Vila Esperança. (Foto: Divulgação)

A escalada dos casos de dengue em Anápolis tem causado preocupação para os moradores da cidade e também para os profissionais da saúde.

Acontece que, em meio à pandemia da Covid-19, que, apesar de ter tido os casos reduzidos drasticamente, ainda não acabou, muita gente acaba se confundindo na hora de identificar qual das infecções contraiu.

Por isso, conhecer os sintomas e buscar um profissional quando necessário é fundamental para tratar da maneira correta e evitar o agravamento do quadro clínico.

Especializado em Medicina da Família, o médico Luís Filipe Jacomossi explicou como diferenciar as doenças e quais são os sintomas de cada uma delas.

O que é a dengue?

A dengue está dentro da síndrome das arboviroses, que incluem o zika vírus, chikungunya e febre amarela. Todas com maior incidência em países de clima tropical, como é o caso do Brasil.

Isso porque a temperatura alta e a umidade facilitam a proliferação do mosquito transmissor, que no caso da dengue é o Aedes Aegypti. A partir da picada da fêmea é que se transmite o vírus DENV, que possui 04 sorotipos diferentes.

Quais os sintomas da dengue?

Dentre os sintomas da doença estão dor no corpo, nas juntas, dor de cabeça, atrás dos olhos, prostração, náuseas e vômitos.

De acordo com Luís Filipe, em alguns casos, até manchas vermelhas podem aparecer no corpo, o que é chamado exantema.

O que é a Covid-19?

Já a Covid-19 se encaixa no grupo das síndromes gripais, que podem ser causadas pelo Rinovírus, Adenovírus, Influenza, Parinfluenza, Vírus Sincicial Respiratório e a SARS-CoV-2, responsável por causar a Covid.

Quais os sintomas da Covid-19?

Os principais sintomas que podem indicar a Covid-19 são os calafrios, febre, dor de cabeça, dor de garganta, coriza, tosse e perda ou alteração do olfato ou paladar.

“Se tiver dois desses sintomas, sendo um deles respiratórios, a pessoa tem o que a gente chama de síndrome gripal”, reforçou o médico.

Como funcionam os tratamentos?

Segundo o profissional da Saúde, o tratamento da dengue envolve uma hidratação muito volumosa e o uso de medicamentos para os sintomas.

Já para síndromes gripais, como a Covid, é feito o uso de medicamentos para reduzir os sintomas e, no devido momento, caso haja alguma complicação, fazer o uso de antibióticos.

Quem procurar?

Caso um morador anapolino apresente algum sintoma de Covid, basta procurar as Unidades de Saúde do Parque Iracema e as Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Esperança e a Pediátrica.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), esses três pontos funcionam também para os casos graves de dengue.

Para os sintomas mais leves, todas as unidades de saúde estão aptas para realização do atendimento básico.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.