Hospitalizado após fazer ‘aquilo’, jovem descobre condição rara nos pulmões

Rapaz chegou a unidade com rosto inchado, dores no peito e dificuldade de respirar

Gabriella Licia -
raiox
Raio X da caixa toráxica do jovem. (Foto: Reprodução)

Um jovem suíço, de 20 anos, precisou ser hospitalizado com urgência após sofrer com fortes dores no peito, rosto inchado e dificuldade para respirar. Mas o motivo foi o que mais impressionou.

À equipe médica, o rapaz contou que estaria se masturbando em casa quando começou a sentir o desconforto absurdo na região toráxica, além de inchaços.

Para a surpresa dos profissionais, o garoto estava sofrendo um pneumomediastino e enfisema subcutâneo profundo, devido às práticas anteriores.

“Como não há literatura sobre pneumomediastino espontâneo associado a experiências autoeróticas, consideramos nosso caso uma apresentação incomum dessa entidade”, afirmaram os autores no relatório médico do paciente.

Ele foi internando na Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) e negou ter utilizado drogas, tabaco ou ter realizado exercício intenso.

O jovem foi tratado com alguns antibiótico e analgésicos por três dias e, felizmente, pôde receber alta hospitalar no quarto dia, após melhora no quadro de saúde.

O caso acabou se tornando um grande espanto pois, apesar de já haver algumas situações documentadas de complicações após sexo ou uso de drogas, este foi o primeiro registro de um pneumomediastino espontâneo associado à masturbação.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.