Multa para McDonald’s em Goiânia pode chegar a R$ 10 milhões após McPicanha sem picanha

Rede de fast food entrou na mira do Procon e tem 20 dias para dar explicações

Pedro Ribeiro -

O Procon Goiânia notificou o McDonald’s nesta quinta-feira (28). De acordo com o órgão de defesa do consumidor a empresa de fast food estava praticando propaganda enganosa na nova linha McPicanha.

A advertência foi enviada após a rede de restaurantes prometer sanduiches com recheio de picanha. Com a expectativa de comer o tipo de carne no hambúrguer, os clientes faziam o pedido mas não recebiam o produto desejado.

O Procon Goiânia apurou que no site da empresa não consta picanha no lanche, apenas um molho com “aroma natural de picanha”.

O McDonald’s deve apresentar uma justificativa junto ao Procon no prazo de 20 dias. Caso a rede não apresente defesa ou não seja esclarecedora, poderá pagar multa por publicidade enganosa. O valor pode chegar até R$ 10 milhões.

A nova linha McPicanha estava no cardápio desde o dia 05 de abril. Desde então, já havia provocado dúvidas entre os consumidores por isso o Procon abriu investigação sobre o caso.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), publicidade enganosa é qualquer modalidade de informação ou comunicação capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade