Cantor Henrique, da dupla com Juliano, é procurado pela Justiça

Artista está sendo processado por episódio ocorrido em 2018 durante aniversário de Marília Mendonça

Gabriella Pinheiro -
Caso aconteceu durante festa de Marília Mendonça, em 2018. (Foto: Reprodução/ Instagram)

O cantor Henrique, da dupla com Juliano, está sendo procurado pela Justiça suspeito agredir o técnico em aparelhos de ar-condicionado e aquecedores, Thiago Martins da Silva.

O caso aconteceu em 2018 durante a festa de comemoração do aniversário da artista Marília Mendonça, em Goiânia. Em depoimento, a vítima afirmou que ao pegar o celular para acessar a galeria de fotos, teve o aparelho retirado das mãos  por um desconhecido.

Após o ato, o homem ainda desferiu um soco na boca de Thiago quando notou a presença do músico no local.

“Fui abrir a galeria de fotos, um deles tomou o celular da minha mão, me desferiu um soco na boca. Apareceu o Henrique que, ao invés de apartar, me enforcou com muita força, deu soco na cara, passou a mão no meu rosto, me mostrou o sangue e me chamou de otário”, explicou o homem.

De acordo a vítima, outras seis pessoas também participaram do ato e o atingiram.

O acontecimento foi denunciado pelo técnico à Polícia Civil e um processo contra Henrique foi aberto nas varas criminal e cível.

Nas duas, o valor pedido para indenização foi de R$ 50 mil. Mas durante a primeira acusação, o cantor realizou um acordo intitulado “Transação Penal” e pagou R$ 7,5 mil para o encerramento do caso.

Já na vara cível, o processo continua em aberto e o sertanejo nunca compareceu a nenhuma audiência no tribunal. Devido à ausência, a Justiça tentou, sem sucesso, entrar em contato com o artista em quatro momentos, chegando a enviar uma intimação ao endereço da empresa da dupla, em Goiânia.

Segundo informações do site Em Off, o próximo passo das autoridades será o envio de uma “Carta Precatória” exigindo a presença do artista no órgão e uma explicação sobre as faltas.

Caso Henrique não compareça ao tribunal, o juiz do caso poderá formalizar a procura do acusado em jornais e no Diário Oficial. Se a ação permanecer, Henrique pode ser condenado por ter “aberto mão” da defesa.

Em nota enviada ao Metrópoles, a equipe do cantor afirma que a afirmação feita pela Justiça é contraditória já que Henrique possui uma vida pública.

“Conforme observado na matéria, Henrique reside há anos em sua fazenda no Tocantins onde sempre esteve à disposição das autoridades, não tendo qualquer motivo para esconder-se ou esquivar-se de nenhuma intimação; de forma que, tão logo comunicado oficialmente, tomará as providências cabíveis”, concluiu.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade