Funcionário do Supervi é levado para delegacia após gerente encontrar prova no bolso

Incidente foi percebido por membro da equipe de vigilantes, que estava atendo aos passos do motorista

Da Redação -
Unidade do Supervi do IAPC, onde o crime aconteceu. (Foto: Reprodução)

Um homem de 47 anos, que atua como motorista para a rede de supermercados Supervi, em Anápolis, foi levado à delegacia nesta sexta-feira (27) depois de furtar um pacote com 220 gramas de muçarela.

O funcionário fez compras na unidade do Bairro IAPC, no valor de R$ 32,35, mas escondeu uma das mercadorias, com preço de R$ 9,06, no bolso frontal da calça.

O fiscal do supermercado, todavia, viu que o homem levava o pacote sem pagar por ele, abordou-o e levou-o até a sala do gerente da loja.

O responsável pela unidade do Supervi do IAPC acionou a Polícia Militar (PM), que conduziu o suspeito à Central de Flagrantes.

Na delegacia, o homem foi liberado, uma vez que a Polícia Civil considerou ínfimo o valor do produto. O pacote de muçarela foi apreendido e devolvido ao gerente do supermercado.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade