Mulher morre carbonizada após tentar ajudar o companheiro no trabalho

Polícia Civil está apurando as causas da tragédia e trabalha com duas linhas de investigação

Pedro Hara -
Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar incêndio. (Foto: Divulgação)

Foi identificada como Ilda Rodrigues da Silva, de 40 anos, a mulher que morreu carbonizada em uma carvoaria, no povoado de Buritizinho, em Orizona, no sábado (28).

O Portal 6 apurou que o companheiro da vítima, um homem de 36 anos, informou que ela havia chegado alcoolizada ao local e começou a ajudá-lo no serviço.

Em determinado momento, ele informou a Ilda que iria buscar água em um córrego localizado há cerca de 100 metros de distância da carvoaria.

Ilda morreu carbonizada. (Foto: Reprodução)

Durante o trajeto de volta, ele avistou um grande incêndio e a companheira dentro de um dos fornos. O homem ainda tentou resgatar a mulher, mas não conseguiu devido ao calor e a fumaça.

O Corpo de Bombeiros foi acionado no local para apagar as chamas. A investigação do caso será realizada pela Polícia Civil (PC), que solicitou a realização de perícia no local.

A PC trabalha com duas linhas de investigação: morte acidental e homicídio.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade