Pesquisa mostra o que os passageiros mais esquecem dentro de carros da Uber em Goiânia

Cidade é uma das cinco capitais onde as pessoas mais deixam itens pessoais perdidos nos veículos

Gabriella Pinheiro -
Carro a serviço da Uber em trânsito com passageiro. (Foto: Divulgação)

Procurar um objeto no bolso da calça, na mochila ou na carteira e não encontrar pode parecer raro, mas é algo que acontece frequentemente entre os goianienses durante as viagens de carro por aplicativo. 

Um levantamento realizado pela Uber apontou que Goiânia é uma das cinco capitais onde os clientes mais esquecem itens pessoais. 

De acordo com o ranking, o município ocupa a quinta posição, perdendo apenas para Brasília (DF), Florianópolis (SC), São Luís (MA) e Vitória (ES). 

Segundo os dados divulgados, os principais itens esquecidos pelos passageiros que vivem “viajando na maionese” são: celulares ou câmeras; carteira ou bolsas; mochilas; chaves; óculos e roupas. 

Além desses, fones de ouvido; caixinhas de som;  garrafas de água; livros; comida e compras de supermercados também são alguns dos produtos perdidos nas viagens. 

Outro dado que chamou a atenção, diz respeito aos horários e dias mais comuns para a perda de objetos nos veículos.

De acordo com o levantamento, domingo, sábado e segunda-feira foram os dias em que mais relatos sobre perdas foram registrados entre os brasileiros. 

Já em relação aos horários, os principais períodos em que houve a perda dos itens foram entre às 21h e 23h. 

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.