É gritante a diferença de preço da gasolina na Grande Goiânia após redução do ICMS

Diferença do valor do litro da gasolina pode chegar a R$ 1,58 na tarde desta quarta-feira (29)

Gabriella Pinheiro -
Preço médio da gasolina teve queda na Grande Goiânia. (Foto: Reprodução/ EPA)

Dois dias após a redução do ICMS sobre o litro da gasolina em Goiás, a oscilação no preço do litro do combustível é gritante na região Metropolitana de Goiânia. 

A variação entre o preço do litro do combustível entre um estabelecimento e outro pode chegar a R$ 1,58 – considerando o valor entre o posto de combustível mais barato e o mais caro.

Os dados são baseados nas informações da tarde desta quarta-feira (29), do aplicativo Economia Online (E-On), da Secretaria de Economia do estado de Goiás. 

Sendo assim, o Portal 6 realizou um levantamento com os três postos de combustíveis cujos preços estavam mais acessíveis e, por outro lado, os três com valores mais altos.

Entre os mais em conta estão o Posto HM, localizado na Rua Professor José Honorato, na Vila Mauá, com o litro da gasolina sendo vendido a R$ 5,97.

Na sequência, aparece o posto da Avenida Berlim, no Jardim Europa, o T&T Auto Posto, onde a gasolina está sendo encontrada a R$ 5,99.

Em terceiro lugar entre os mais baratos,  está um da Rede Show, localizado na Quinta Avenida, no Setor Leste Vila Nova – com valor do litro também de R$ 5,99.

Na outra ponta, os mais caros são, o Posto Alencar, na Avenida D, no Setor Marista, onde o litro da gasolina está sendo encontrado a R$ 7,55. 

Seguido pelo Posto Rio Verde, localizado na Avenida Rio Verde, no Parque Amazônia, onde o litro está sendo comercializado a R$ 7,43. 

Fechando a lista, está o Posto Dakar, na Avenida Castelo Branco, no Bairro Ipiranga, cujo preço do litro do combustível é de R$ 7,39. 

Para se ter uma ideia da diferença de preços, para se encher um tanque de combustível de um veículo com capacidade de 80 litros, o consumidor vai gastar, no local mais barato, R$ 477,6. Já no mais caro, chega a R$ 604 – uma diferença de R$ 127.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade