Exemplo de fé e devoção, homem que nasceu com a perna atrofiada caminha 18 km a pé até Trindade

"Preciso agradecer pelas vitórias que consegui", conta o romeiro, que faz o trajeto a 08 anos

Aglys Nadielle -
Divino Eterno (Foto: Arquivo pessoal/Divino Eterno)

Divino Eterno Carmona de Araújo, de 43 anos, chamou a atenção de fiéis que estavam a caminho de Trindade, em Goiás. O homem possui uma atrofia nas pernas, mas percorre 18 km todos os anos seguindo a tradição de gratidão, deixada pela mãe.

Há 08 anos, o romeiro, que é natural de Inhumas, vai até a ‘capital goiana da fé’ e afirma ter muito a agradecer a Deus. “Antes eu não andava nada e hoje eu ando para tudo quanto é lado”, conta.

A realidade de Divino nem sempre foi essa, ele conta que até os 12 anos só podia se locomover com a ajuda de cadeira de rodas. O goiano passou por 18 cirurgias para conseguir andar sozinho, por isso, ele considera importante ser grato pela própria vida.

A promessa de realizar a caminhada até a Basílica Sagrada Família começou com a mãe do homem, que faleceu há 20 anos. 12 anos depois, o romeiro decidiu continuar a tradição da fé.

Todos os anos, Divino pega um ônibus de Inhumas para Goiânia. O ponto de partida na capital é no Terminal Padre Pelágio, de lá ele começa o trajeto com vários outros fiéis.

Ao G1, ele contou que por ser um longo caminho, o homem acaba sentindo muitas dores, mas que as dificuldades não são suficientes para tira-lo do propósito.

“Com fé tudo vale a pena. É um sacrifício que recompensa a gente. Para quem não andava, só tenho a agradecer. Todo sacrifício é válido”, ressaltou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.