“Não adiantou denunciar”, diz Roberto Naves sobre o “Meu Lote, Minha História”

Na abertura da programação do aniversário de Anápolis, prefeito defendeu o programa habitacional e criticou opositores que foram ao MP e à Justiça

Gabriella Licia -
Roberto, no lançamento do pacote de entregas dos 115 anos de Anápolis. (Foto: Reprodução/Secom)

Com a reinauguração da Biblioteca Municipal Zeca Batista e a entrega de 10 novos ônibus escolares, o prefeito Roberto Naves (PP) abriu na noite desta quarta-feira (20) a programação do aniversário de Anápolis e aproveitou a ocasião para defender o programa “Meu Lote, Minha História”.

“Ação judicial, denúncias, falaram que tava tudo errado. E o resultado de tudo isso? Nada, porque as coisas que nós fazemos aqui na Prefeitura é tendo o máximo de transparência, não adiantou denunciar no Ministério Público, não adiantou ajuizar”, afirmou Roberto no evento.

A fala foi uma crítica aos opositores que, segundo o prefeito, tentaram sem êxito barrar a implementação do programa habitacional. “Não adiantou querer aplicar a teoria do quanto pior melhor”, complementou, informando que o “Meu Lote, Minha História” já recebeu mais de 10 mil inscrições – que seguem abertas até o dia 16 de setembro.

Na abertura das comemorações aos 115 anos de Anápolis, Roberto também fez um tour pela Biblioteca Municipal Zeca Batista, que agora, com a reinauguração, voltará a funcionar. Foram realizados reparos no telhado, pintura em todo prédio e adequações físicas de modo geral.

A programação segue nesta quinta-feira (21) com a entrega da reforma da Escola Municipal Doutor Adahyl Lourenço Dias, no Monte Sinai, e a da pavimentação do bairro, situado às margens da BR-414. O encerramento será com o desfile de 31 de julho e o último dia do Arraiana.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.