Nova regra da Netflix não vai agradar nenhum assinante se chegar no Brasil

Cinco países latino-americanos já foram avisados do início da medida

Gabriella Licia -
Netflix. (Foto: Reprodução)

A Netflix anunciou uma nova medida, na última segunda-feira (18), adotada para tentar recuperar o dinheiro perdido no último trimestre e notícia deixou usuários bastante insatisfeitos.

De acordo com a companhia de streaming, as contas que tiverem usuários utilizando a conta em diferentes endereços terão de pegar US$  1,70 e 2,99, a depender do país.

Até o momento, Argentina, República Dominicana, Honduras, El Salvador e Guatemala foram os países contemplados com a novidade.

“Estamos explorando com cuidado diferentes maneiras para que as pessoas que querem compartilhar suas contas paguem um pouco mais”, explicou em comunicado.

Ao ser questionada sobre o Brasil, a Netflix apenas disse “o Brasil não está incluído entre os países em que a regra (de moradia extra) será adotada”.

A grande preocupação é que, nos últimos três anos, a plataforma perdeu quase 25% de seu tráfego de streaming para outras plataformas de conteúdo, segundo a empresa de análise do mercado de mídia digital Similarweb.

Falando em números, cerca de mais de 1,7 milhão de assinaturas foram canceladas somente no mês de abril, de acordo com a plataforma.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade