Educação vê defasagem em alunos da alfabetização em Anápolis e prepara força-tarefa

Secretaria ainda aguarda avaliação diagnóstica, mas já tem percepção clara de dificuldades de quem estudou em casa na pandemia

Lucas Tavares -
Há praticamente dois anos a cidade não tinha 100% dos alunos presentes nas escolas. (Foto: Divulgação/ Prefeitura de Anápolis)

As aulas da rede municipal de ensino de Anápolis serão retomadas no dia 02 de agosto, para o segundo semestre letivo do ano, e há uma preocupação especial com os alunos da alfabetização.

A Secretaria Municipal de Educação preparou o que foi classificado como “força-tarefa” pela titular da pasta, Eerizania Freitas, para dar suporte aos alunos alfabetizados durante a pandemia de Covid-19.

“Nós divulgamos, no início deste ano, que nós teríamos um olhar voltado para esses alunos, inclusive com várias formações para os nossos professores alfabetizadores. A gente entende que nesse momento é preciso recompor a aprendizagem”, explicou a secretária.

“Houve prejuízo e estamos atentos a isso. Não estamos aqui para maquiar o sistema, precisamos entender que aluno de alfabetização precisa ser alfabetizado com vinculo com o professor, de forma presencial”, continua.

A Secretaria de Educação espera que todos os 37 mil estudantes matriculados na rede municipal estejam de volta às salas de aula na próxima semana.

A pasta ainda espera o resultado de provas diagnósticas realizadas em conjunto com os governos federal e estadual para ter uma real dimensão do déficit educacional e de quais áreas têm mais defasagem.

“Nós estamos aguardando essa resposta do Ideb. Mas já é possível dizer que, em todo Brasil, se percebe um prejuízo no processo de alfabetização. Os nossos alunos alfabetizados durante a pandemia tiveram um prejuízo”, completou.

A secretária fala em ‘reforço’ para os alunos que enfrentam maior dificuldade e lembra que a plataforma Educa Anápolis segue à disposição para recomposição de aprendizagem.

Utilizada durante a pandemia como instrumento para as aulas on-line, agora será um reforço no contra turno escolar.

“Todos podem acessar o ambiente virtual e ter acesso aos mesmos conteúdos apresentados na sala de aula”, disse.

Retorno

A última semana de férias é marcada por pelo desejo de aproveitar os últimos dias de descanso e também pela expectativa de retorno às aulas.

Segundo a secretária, as escolas já se preparam antecipadamente e várias delas estão passando por reparos.

“Algumas estão passando por melhorias estruturais, na parte elétrica e hidráulica. Além disso, nós estamos preparando o serviço de roçagem e de limpeza com empresas terceirizadas, para que as unidades realmente sejam dignas de receber nossos estudantes”, afirmou.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.