Gusttavo Lima é condenado a indenizar mulher que teve número de telefone divulgado em música

Cantor irá recorrer da decisão. Esta é a segunda vez que o Embaixador é condenado

Isabella Valverde -
Gusttavo Lima foi condenado pela segunda vez a pagar indenização por causa da mesma música. (Foto: Reprodução)

Quando Gusttavo Lima cantou “é muita raiva misturada com tristeza. Olha eu chorando e dando porrada na mesa”, parece que ele já pressentia que o sucesso “Bloqueado” lhe renderia muita dor de cabeça no futuro.

Após utilizar o número de uma mulher na canção, o sertanejo está sendo condenado a pagar uma indenização no valor de R$ 48 mil para a proprietária do telefone.

A vítima relatou ter passado dor de cabeça por causa da divulgação, já que começou a receber milhares de tentativas de contato dos fãs do cantor.

Segundo a moradora de Pato Branco, no interior do Paraná, todo o ocorrido lhe causou “sérios prejuízos psicológicos diante da importunação de sossego vivenciada”.

Diante disso e entendendo os prejuízos, a Justiça decidiu aceitar a solicitação de indenização por danos morais.

De acordo com o site Splash, do UOL, a mulher chegou a tentar proibir Gusttavo Lima de cantar o sucesso durante as apresentações, além de ter solicitado a retirada do número da música em tutela de urgência. Porém, o juiz Luiz Henrique Vianna Silva, indeferiu o pedido por ela realizado.

O cantor irá recorrer da decisão e a assessoria do sertanejo destacou em nota que ele é apenas o intérprete da canção, não tendo sido o escritor da letra.

“Como já mencionamos anteriormente, é importante ressaltar que Gusttavo Lima é apenas o intérprete da música ‘Bloqueado’. Os compositores são as pessoas que criam a obra e inseriram um número aleatório, sem indicar quem seja, muito menos o DDD”, ressaltaram.

No entanto, esta não é a primeira vez que o Embaixador é condenado por causa da mesma música.

Gusttavo Lima foi condenado em junho, pela Justiça de São Paulo, a pagar uma indenização no valor de de R$ 50 mil para uma outra mulher que também teve o azar de ter o número na  música.

Ao que parece, o nome “Bloqueado” da canção se tornou realidade para estas duas mulheres.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade