Goiânia está entre as capitais onde os estudantes mais afirmam ter sofrido bullying, revela IBGE

Foram entrevistados alunos do 9º ano nas capitais do país

Pedro Hara -
Pesquisa monitora diversos pontos sobre a saúde dos estudantes. (Foto: Reprodução)

A última Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), trouxe dados sobre o bullying cometido contra alunos do 9º ano nas capitais do Brasil.

A região Centro-Oeste foi onde os estudantes mais reclamaram de ter sofrido bullying, com 25,5%. Por outro lado, no Norte do país, o percentual foi de 18,8%.

Em Goiânia, 43,3% dos alunos das escolas públicas e privadas afirmaram terem sido zoados por colegas. A porcentagem coloca a capital em 8º lugar do ranking nacional e representa um aumento de 0,2% em relação a pesquisa de 2015.

Dentre os homens, o total foi de 35,5%, uma queda de 8,7% em comparação ao último levantamento. Já entre as mulheres, a porcentagem foi de 51,4%, um acréscimo de 9,5%.

Em relação ao local em que o bullying foi praticado, 43,2% foram em escolas públicas e 43,3%, em instituições privadas.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade