Homem vai parar na delegacia após tentar embarcar com objeto proibido no Aeroporto de Goiânia

Após ser barrado, passageiro teria reagido de forma agressiva, dando início a um desentendimento que gerou diversos ferimentos nos envolvidos

Samuel Leão Samuel Leão -
Aeroporto Santa Genoveva (Foto: Reprodução/Infraero)

Durante uma inspeção de bagagem de rotina, uma funcionária do Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, foi surpreendida por uma barra de ferro para solda, material proibido em voos.

No entanto, ao comunicar isso ao passageiro, recebeu uma reação agressiva e o caso foi parar na delegacia.

A situação ocorreu na noite desta quarta-feira (28) e acabou resultando em ferimentos, tanto no passageiro quanto no colaborador, pois os dois puxaram a barra com força, um para cada lado. Na sequência, a Polícia Federal (PF) foi acionada para resolver o desentendimento.

Por volta das 20h, os agentes chegaram no local e encaminharam os envolvidos para uma delegacia da Polícia Civil (PC). O homem, dono do material, alegou que a funcionária teria tentado tomar o ferro da mão dele.

No entanto, ela argumentou o contrário, contando que pegou o ferro da bagagem, mostrou ao proprietário e perguntou se ele queria descartar ou despachar.

Diante do questionamento, ele teria respondido que iria quebrar e jogar fora, tentando tomar dela a barra logo em seguida.

A funcionária teria informado que não poderia devolver o material para ele, visto que são regras do aeroporto, mas ele teria insistido e usado de força para fazer valer a vontade.

Assim, ambas as partes foram ouvidas e o caso seguirá sendo investigado pela PC.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade