Avenida Universitária continua virando rio quando chove

Os anos passam e os problemas de escoamento de água na Avenida Universitária permanecem. Toda vez que chove cria-se um verdadeiro rio de correnteza forte em frente a Faculdade Anhanguera.

A força das águas não perdoam e arrastam o que tiver pela frente: lixo que se acumula no asfalto, motos, carros e até mesmo pessoas, como em 2011 quando a correnteza arrastou  a estudante Danila Moraes para debaixo de uma Saveiro e a matou afogada.

No fim de tarde desta quinta-feira (05), após um forte chuva,  a enxurrada na porta da  Faculdade Anhanguera voltou a causar pânico nos alunos e transeuntes que se arriscavam a passar pelo local. Novamente motos e veículos foram arrastados pela avenida.

Veja as imagens, registradas por populares presentes no local.

Enxurrada novamente arrastou veículos estacionados na porta da Faculdade Anhanguera. (Foto: Reprodução) Histórico tenebroso de enchentes na Av. Universitária deixa transeuntes impotentes e com medo. (Foto: Reprodução)

Os alagamentos na Avenida Universitária porque, além de receber as águas das ruas adjacentes, a via tem uma forte declividade e não dispõe de uma galeria pluvial capaz de absorver o volume de água que recebe, mesmo com as intervenções pontuais realizadas pela Prefeitura.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

loading...