Anápolis sediará a abertura do 15º Campeonato Mundial Universitário de Futsal

Entre os dias 2 e 10 de julho acontecerá em Goiás o 15º Campeonato Mundial Universitário de Futsal. Ao todo, 22 equipes de futsal de 16 países vão participar de jogos no Goiânia Arena, em Goiânia, e no Ginásio Internacional Newton de Faria, em Anápolis.

Os jogos iniciam no dia 2 de julho, às 18h30, no Ginásio de Anápolis, com o evento de abertura que contará com a apresentação da Companhia de Dança Quasar. Em seguida, haverá o primeiro jogo do Campeonato, com a participação do Brasil.

As equipes

Entre as participações está confirmada a participação da seleção brasileira de futsal, que é a atual campeã. Ao todo na categoria feminina, 10 países confirmaram presença: Argentina, Brasil, Canadá, Cazaquistão, China Taipei, México, Nova Zelândia, Portugal, Rússia e Costa Rica.

Ao todo, 12 países vão disputar na categoria masculina. Estarão presentes o atual campeão de 2014, Rússia, além da Alemanha, Argentina, Brasil, Cazaquistão, China, França, Israel, Nova Zelândia, Portugal, República Tcheca e Tailândia. Na história do evento, na categoria masculina, seis países já ganharam o título de campeões: Brasil (4), Rússia (3), Ucrânia (2), Portugal (1), Espanha (1) e Itália (1).

Realização

O 15º Campeonato Mundial Universitário de Futsal é promovido pela Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU), pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e pela Federação Goiana de Desportos Universitários (FGDU). O evento tem a chancela da Federação Internacional de Futebol (FIFA).

O apoio é do Governo do Estado de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), Governo Federal, por meio do Ministério do Esporte, com patrocínio do Gerflor e da Unimed.

Para o presidente do Comitê Organizador, Lusimar Santos, o principal desafio é envolver a população no evento. “Queremos divulgar a cidade de Goiânia e o Estado de Goiás e deixar o Campeonato Mundial Universitário de Futsal como um legado para as futuras gerações”, almeja.

A secretária titular da Seduce, Raquel Teixeira, complementa que sediar um evento internacional dessa natureza é uma oportunidade de projeção para Goiás. “Queremos mostrar a nossa capacidade de organização, de planejamento, de participação, de torcida”.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

Rápidas

Danilo Boaventura

Danilo Boaventura

É a seção que publica informações exclusivas, de bastidores sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás

Dinheiro Nosso

Rodolfo Torres

Rodolfo Torres

É a seção que publica informações exclusivas, de economia sobre o que for relevante em Anápolis e Goiás