Estudante da Apae de Anápolis que pegou ônibus errado dormiu no chão e ficou mais de 30h desaparecido

Desaparecimento de Thiago comoveu a cidade, que se mobilizou para ajudar a encontrá-lo (Foto: Reprodução)
Desaparecimento de Thiago comoveu a cidade, que se mobilizou para ajudar a encontrá-lo (Foto: Reprodução)

O estudante Tiago Bessa, 19 anos, portador de doença intelectual, que se perdeu enquanto tentava chegar a escola,  viajou cerca de 140 km sozinho.

Tudo começou quando o jovem saiu de casa, na segunda feira (10), para ia à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae). Porém, devido a problemas de saúde, o motorista não fez o transporte e o Tiago acabou pegando o ônibus errado.

Ele desceu nas proximidades do DAIA e pegou um ônibus para rodoviária de Goiânia, onde passou a noite no chão. Quando tentou voltar para casa, foi parar em Inhumas, mas conseguiu retornar para a capital. Em Anápolis, milhares de pessoas compartilhavam correntes nas redes sociais e grupos de WhatsApp avisando sobre o desaparecimento de Thiago.

A história começou a mudar quando o desaparecimento foi repercutido em uma reportagem no Jornal Anhanguera. Um telespectador se lembrou de ter visto o rapaz na rodoviária da capital e entrou em contato com a família, que imediatamente foi à Goiânia para buscar o jovem.

Depois de mais de 30h longe de casa, Tiago Bessa está feliz em ter voltado e se encontra aos cuidados da família, que respira aliviada por ter encontrado o garoto são e salvo.

Quer comentar?

Comentários

Nosso Facebook

loading...