PublicidadePublicidade

Trem bala que passará por Anápolis foi apresentado a investidores espanhóis

Trajeto entre Anápolis e Goiânia seria feito em menos de 15 minutos por um valor de apenas R$4,44

Rafaella Soares Rafaella Soares -
PublicidadePublicidade

O governador Marconi Perillo apresentou nesta segunda-feira (23) o projeto do trem bala que fará o itinerário Goiânia-Anápolis-Brasília em uma reunião na Confederação Espanhola de Organizações Empresariais (CEOE), em Madrid.

Aos investidores, Marconi falou sobre a viabilidade econômica do projeto e frisou que o trem é o primeiro no país que ligará grandes importantes duas capitais.

Segundo o governador, o projeto poderá ser licitado ainda este ano. E as obras começariam em seguida.

Também esteve presente no encontro o presidente da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) Jorge Bastos. Ele apresentou o Estudo de Viabilidade Econômica e Ambiental (EVTEA) que estima em R$ 9,5 bilhões o investimento total de implantação do trem.

Cumprindo o cronograma previsto, a inauguração ocorreria em 2020. Em funcionamento, o ‘Transpequi’ fará um itinerário que deve reduzir drasticamente o tráfego de veículos na BR-060, que liga as duas maiores metrópoles do Centro Oeste. Outro impacto importante será no tempo de deslocamento, já que o trem opera a uma velocidade de 260 km/h.

Dados do EVTEA, mostram que R$ 7,5 bilhões desse investimento partirá da iniciativa privada, enquanto R$2 bilhões serão divididos entre os governos Federal, de Goiás e Distrito Federal. A concessão do contrato é de 33 anos.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade