Portal 6

Afinal, animação “Super Drags” da Netflix teve inspiração em Anápolis?

(Foto: Divulgação)

Produção brasileira é voltada ao público adulto e repercussão de episódio local está causando na internet

Em meio a polêmicas e ameaças de boicote, a Netflix lançou no último 09 de novembro a animação Super Drags.

Voltada ao público adulto, a produção brasileira gira em torno de Patrick, Ralph e Donizete que se transformam, respectivamente, nas heroínas Lemon Chifon, Safira Cyan e Scarlet Carmesim para lutar contra injustiças e proteger a comunidade LGBTQ+.

A primeira temporada de Super Drags conta com um total de cinco episódios que têm duração de 23 a 25 minutos e são recheados de referências meméticas e situações recentes.

Dentre essas menções, o impedimento do show da estrela pop Goldiva na cidade fictícia de Guararanhém, logo no início da animação, está sendo comparado por internautas com a polêmica que uma apresentação da cantora Pabllo Vittar causou em Anápolis no ano passado.

“Aaaaaaa super drags tem até um episódio baseado naquele auê pra não ter o show da Pabllo em Anápolis”, apontou um usuário no Twitter.

“Impressão minha ou super drags está zuando com aquela vez que o show da Pabllo foi cancelado em Anápolis?”, lembrou outra.

(Reprodução/ Twitter)
(Reprodução/ Twitter)

Em tempo  

O show de Pabllo Vittar em Anápolis, no entanto, não foi cancelado como mencionado no Twitter.

A apresentação aconteceu no dia 23 de dezembro no Espaço Lune e toda a polêmica gerada por um suposto abaixo assinado só serviu para reforçar a publicidade do evento.

Polêmica sobre Pabllo Vittar em Anápolis reforça publicidade do show dela na cidade

Quer comentar?

Comentários

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.