PublicidadePublicidade

Operações contra bêbados ao volante voltarão a acontecer em Anápolis

Acordo realizado com o Observatório de Segurança resolverá principal empecilho para o serviço

Rafaella Soares Rafaella Soares -

Após precisar suspender por duas vezes a operação Direção Consciente por falta de verba, a Delegacia de Trânsito voltará a realizar as ações no início de janeiro.

Isso porque uma reunião entre o delegado titular de trânsito, Manoel Vanderic, com o assessor especial do Observatório de Segurança, Glayson Reis, na última quinta-feira (29), resultou em um acordo que resolve um dos principais empecilhos para a continuidade do trabalho.

A partir de 2019, a Administração Municipal ficará responsável pelo pagamento do banco de horas dos policiais e custeio da gasolina das viaturas em operação.

PublicidadePublicidade

Essa era uma reivindicação antiga. No último mês de setembro, Manoel Vanderic explicou em entrevista ao Portal 6 que, mesmo mostrando resultados positivos, a delegacia não tinha condições de fornecer pagamento extra aos policiais.

“Nós não temos banco de horas e se tornou insustentável eu pedir para os policiais, que já atendem as delegacias do Idoso, de Pessoas com Deficiência, do Consumidor e do Trânsito a semana inteira, para trabalharem também no final de semana a noite sem receber ao menos uma folga. A hora extra é um direito deles”, afirmou.

Com o novo acordo, além de viabilizar o trabalho dos agentes civis, o Observatório de Segurança também oferecerá auxílio na coordenação do serviço.

Conforme o delegado, a Direção Consciente é uma das ações mais eficazes para reduzir os acidentes de trânsito, pois com a presença de policiais na rua durante a noite, muitas pessoas evitam dirigir alcoolizadas.

“Vemos pelas estatísticas que os casos diminuíram em relação ao ano passado, porque houve uma mobilização e uma repercussão tão grande que as pessoas já tinham a expectativa que de que a delegacia estava na rua para prevenir tragédias”, explicou

Em 2017, a Delegacia registrou 65 delas mortes por acidentes de trânsito, sendo que 70% teve relação com embriaguez ao volante. Já neste ano, foram contabilizados 59 óbitos.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade