PublicidadePublicidade

E assim bandidos perderam R$ 10 milhões após prisão em Anápolis

Carregamentos saiam do Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai, para abastecer o mercado ilegal de Brasília

Da Redação -

As últimas 48h foram agitadas para a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Goiás, que apreendeu cerca de 1,5 milhão de maços de cigarros contrabandeados do Paraguai nas rodovias federais que cortam o estado.

Preso nesta quinta-feira (08) em Anápolis, um dos motoristas contou como funcionava o esquema, que segundo a Receita Federal gerou prejuízo de R$ 10 milhões ao grupo.

Os carregamentos saiam do Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai, para abastecer o mercado ilegal de Brasília.

PublicidadePublicidade

Cada motorista participante do esquema receberia R$ 16 mil pelo transporte dos produtos contrabandeados.

As principais apreensões ocorreram em na BR-060, na altura de Guapó, Anápolis e Alexânia. Quase duas mil caixas de cigarros e várias carretas foram recolhidas.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade