PublicidadePublicidade

Ex-garota de programa suspeita de assassinato é presa pelo GIH de Anápolis

Crime ocorreu após uma noite após o trio usar drogas e se embedarem juntos

Da Redação -

Claudilene Carla de Oliveira, de 32 anos, já está hospedada no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis.

Foragida e suspeita de ser co-autora de um homicídio em 2016, ela foi encontrada na manhã desta terça-feira (06) pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) no Setor Daiana, em Gameleira de Goiás.

Segundo a Polícia Civil, Claudilene era garota de programa e teria ajudado “Júnior das Trevas” a matar Leonardo Dias Brandão, de 34 anos, no bairro Calixtolânia, na região Sudeste de Anápolis.

PublicidadePublicidade

O crime ocorreu depois de uma noite após o trio usar drogas e se embebedarem juntos.

O pai de Leandro o encontrou nu, com sinais de pauladas, na residência da vítima.

Dias depois, populares avistaram Claudilene comercializando alguns pertences de Leonardo.

Ela tem passagens por furto e tentativa de homicídio e estava foragida desde o mês de março deste ano.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade