PublicidadePublicidade

Morador de Anápolis é cobrado por travesti e quer evitar dor de cabeça

Prints da conversa mostram como toda a situação aconteceu

Da Redação -

A quarta-feira (18) parecia ser apenas mais um dia comum para R. P. G., de 35 anos. No entanto, durante à tarde, o celular dele tocou, avisando que haviam chegado várias mensagens estranhas pelo WhatsApp.

O número desconhecido tinha o DDD 34, de Minas Gerais, e do outro lado estaria uma suposta travesti, alegando que o homem teve relações sexuais com ela e não pagou pelo serviço.

Ele é morador da Vila Norte, bairro localizado nas adjacências do Recanto do Sol, e relatou em Boletim de Ocorrência que essa pessoa também disse que iria expor fotos pessoais dele caso o pagamento não fosse realizado.

[Best_Wordpress_Gallery id=”101″ gal_title=”ameaça travesti”]

Parte da conversa, cheia de ofensas, chegou a ser registrada na Central de Flagrantes e agora caberá a Polícia Civil investigar quem está por trás das ameaças.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade