PublicidadePublicidade

O que a PC já sabe sobre homem que tentou estuprar trabalhadora em Anápolis

Vítima tem 24 anos e contou na Central de Flagrantes como tudo aconteceu

Da Redação -

Já está hospedado no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc, a cadeia pública de Anápolis, o homem de 31 anos que foi preso nesta quarta-feira (30) após tentar estuprar uma jovem no Centro.

A vítima tem 24 anos e contou que tudo aconteceu na loja em que trabalha, no momento em que a colega saiu para almoçar e a deixou sozinha no estabelecimento.

A funcionária alega que foi ao banheiro para pegar uma pomada e quando voltou, R. N. P., de 31 anos, estava parado com uma mão dentro da camiseta, simulando uma arma, e teria dito: “Cai para dentro, se gritar morre.”

De imediato, a jovem levantou as mãos imaginando que seria um assalto. No entanto, foi empurrada para dentro do banheiro e teve partes íntimas tocadas pelo homem.

Para tentar se livrar, a trabalhadora começou a gritar e foi novamente ameaçada de morte. Então, segurou R. N. P. pelo pescoço e começou a empurrá-lo enquanto continuava pedindo por socorro.

Um desconhecido entrou na loja para ver o que estava acontecendo e deteve o homem. Os dois ainda entraram em luta corporal, mas outros populares perceberam a situação e ajudaram a conter o suspeito enquanto a Polícia Militar (PM) era acionada.

Foi realizada uma busca pelas câmeras de segurança do espaço, mas elas não estavam funcionando e, por isso, não registraram a cena.

R. N. P., que foi autuado em flagrante por estupro, também já possui passagens por violência doméstica, injúria, constrangimento ilegal e ameaça.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade