PublicidadePublicidade

Mais 12 bairros de Anápolis receberão mutirão da limpeza contra o Aedes Aegypti

Cidade já registrou mais de 10 mil casos de dengue neste ano. Em decorrência da doença, cinco pessoas perderam a vida

Da Redação -

Novo Paraíso, Adriana Parque e Setor Jandaia foram os primeiros bairros de Anápolis a receber ações de prevenção e combate contra o Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. E nos próximos dias, mais 12 localidades serão contempladas.

O mutirão da limpeza é realizado é pelas secretarias municipais de Saúde, Meio Ambiente e Fazenda — esta última por meio da Diretoria de Postura. O objetivo é promover a limpeza em locais onde é feito descarte incorreto, além de residências onde há acúmulo de lixo.

São, Segundo a Prefeitura de Anápolis, áreas e terrenos que recebem todo tipo de entulhos e objetos que, além de poluir o meio ambiente, se tornam criadouros do mosquito.

PublicidadePublicidade

“Por isso a presença da Postura para notificar essas ações incorretas”, conta a gerente municipal de Endemias, Patrícia Godói. Também são colocadas tampas provisórias em caixas d’água que são encontradas abertas.

Um exemplo é uma área no Bairro Novo Paraíso, que recebeu um verdadeiro mutirão de limpeza. “Infelizmente, é visto pela população como um lixão a céu aberto”, conta Patrícia Godói.

Mas se depender da comunidade local, a fiscalização será rígida. A dona de casa Nalva da Silva Pereira comemorou a limpeza na região e deu o recado: “vamos ficar vigiando pra não deixar ninguém jogar nada”.

De acordo com a gerente municipal de Endemias, a participação e fiscalização da comunidade são essenciais para evitar o descarte em vias públicas.

“Não é só cuidando da sua casa, a população deve nos ajudar cuidando da cidade”, pontua. Conforme a profissional, em Anápolis as ações de combate são permanentes e, diariamente, mais de 700 agentes de endemias e comunitários de saúde percorrem os bairros e orientam sobre o combate ao mosquito.

(Foto: Divulgação)

Para Patrícia Godói, o engajamento dos cidadãos no combate ao Aedes Aegypti é fundamental — desde os cuidados básicos, como não deixar água parada, até o apoio ao trabalho dos agentes.

“Sem o envolvimento da população é impossível obtermos um resultado positivo e determinante contra o Aedes”, destacou gerente municipal de Endemias

Neste ano, até o início de outubro, 10.496 casos de dengue haviam sido confirmados em Anápolis. Em decorrência da doença, cinco pessoas perderam a vida.

Confira o cronograma do mutirão de limpeza:

25/11 – Jardim Santa Cecília e Bairro São Joaquim

26/11 – Vila Norte

27/11 – Jardim Arco Verde

03/12 – Vivian Parque

04/12 – Vila União

05/12 – Jardim Primavera

10/12 – Parque Residencial das Flores

11/12 – Jardim Esperança

17/12 – Polocentro

18/12 – Setor Industrial Munir Calixto

19/12 – Conjunto Filostro Machado

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade