Portal 6

Alunos da rede estadual com cadastro no Bolsa Família receberão R$ 75, decreta Caiado

Valor deve ser utilizado para alimentação dos estudantes durante o período de suspensão das aulas presenciais

O Governo de Goiás regulamentou o repasse de verbas da alimentação escolar para os alunos matriculados na rede estadual de Educação, que tenha cadastro no programa Bolsa Família.

O decreto, publicado na quarta-feira (25), regulamenta o repasse de cinco reais por dia para cada aluno e atende a esse primeiro período de suspensão de aulas presenciais com até setenta e cinco reais por aluno.

Ronaldo Caiado explica que a medida tem por objetivo cuidar dos alunos em situação de vulnerabilidade.

“Nós vamos passar 75 reais a mais, no programa bolsa família para que as crianças que estão fora da escola tenham acesso a alimentação”, enfatizou o governador.

Conforme o que regulamenta o decreto, a alimentação escolar para os alunos será viabilizada pelo aporte de valores para aquisição de alimentos por suas famílias, preferencialmente, por meio do Cartão Bolsa Família, ou Cartão Renda Cidadã e também o Cartão Cidadão.

Fátima Gavioli destaca que no início, se pensou em fornecer alimentação nas escolas por meio de marmita ou kit lanche, como isso se tornou inviável devido a possibilidade de aglomeração e risco de disseminação do vírus, buscou-se outra saída que foi a parceria entre a secretaria de educação ao trabalha da secretaria de desenvolvimento social e o gabinete de políticas sociais para que uma saída fosse encontrada

“O decreto é fruto de uma união de um governo que pensa primeiro nas pessoas e na qualidade de vida delas”, explicou a secretária de Estado da Educação.

Quer comentar?

Comentários






Nosso Twitter

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.