PublicidadePublicidade

Homem invade carro, diz que é assassino e quis carona até o Centro de Anápolis

Amigo do motorista, que estava no banco do passageiro, teria até levado uma coronhada no caminho

Da Redação Da Redação -

Um homem de 38 anos procurou o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis na noite desta sexta-feira (22) para denunciar ter vivido momentos de muito medo e aflição.

Ele contou que tem uma caminhonete e estava saindo do veículo, junto com um amigo, de 35 anos, na Avenida Pedro Ludovico, no Viviam Parque, quando um jovem desconhecido entrou pela porta traseira e exigiu ser levado embora do local.

Sem saber como agir, o homem apenas negou. No entanto, o rapaz sacou uma arma de fogo e começou a fazer ameaças, obrigando o motorista a dirigir até o Centro da cidade.

PublicidadePublicidade

No meio do caminho, o amigo da vítima teria até levado uma coronhada e o suspeito teria dito que precisava fugir porque tinha acabado de cometer um homicídio.

Quando chegaram na rua Sete de Setembro, na esquina com a Sócrates Diniz, o rapaz desembarcou às pressas e desapareceu.

Nenhuma morte violenta chegou a ser realmente registrada desde então, no entanto, o caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade