PublicidadePublicidade

‘Testagem em massa’ em Anápolis fracassa após problemas técnicos

Programa, que examinaria 300 pessoas por dia na cidade, e não chegou a mil testados, agora está suspenso

Rafaella Soares Rafaella Soares -

A estratégia da Prefeitura de Anápolis para realizar, em parceria com o Governo de Goiás, a tão esperada e necessária testagem em massa apresentou problemas não só de execução, mas também de resultado.

É o que descobriu o Portal 6 nesta quarta-feira (02) ao questionar as secretarias de Saúde do município e Estado.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) foi a primeira a se manifestar informando que recebeu reclamações pontuais sobre a demora no resultado dos testes, mas se esquivou ao dizer que essa fase não depende do município.

PublicidadePublicidade

A pasta não mencionou nenhum esforço que poderia ser feito para tentar resolver o problema.

Questionada também sobre números de pessoas participantes, a Semusa disse que apenas cerca de 800 pessoas foram submetidas ao procedimento. Inicialmente, o prefeito Roberto Naves (PP) havia anunciado que o programa Dados do Bem realizaria 300 testes diários no município. Relembre aqui.

O posicionamento da Secretaria Estadual de Goiás (SES-GO) chegou depois e a justificativa apresentada à reportagem relata que um problema no aplicativo está inviabilizando o lançamento dos resultados.

Ao realizarem o teste PCR, os participantes eram informados que o resultado chegaria em até 72h no celular cadastrado.

A SES, no entanto, sustenta que o prazo é de cinco dias “por conta de toda a logística de receber a amostra do interior, enviar para um laboratório em outro estado, o tempo da análise no laboratório, mais o lançamento no sistema”.

Por tudo isso, o programa Dados do Bem, conforme revelou a SES ao Portal 6, está suspenso e sem previsão de novos agendamentos.

Não foi informado na nota, que pode ser lida na íntegra a seguir, quando chegará o resultado dos testes já realizados.

Veja na íntegra a nota da SES-GO

O Estado de Goiás identificou a demora na comunicação dos resultados para as pessoas testadas e, por isso, suspendeu temporariamente, a partir de terça-feira (1º/09), os convites para testes de Covid-19 por meio do aplicativo Dados do Bem.

O problema ocorre devido a uma instabilidade na comunicação entre os sistemas de Gerenciamento de Ambiente Laboratorial (GAL) de Goiás e do estado de São Paulo, onde está sendo realizado o processamento dos testes. As amostras coletadas foram processadas, mas ainda não foi possível o lançamento dos resultados no aplicativo.

O problema foi repassado ao Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSUS), do Ministério da Saúde, que busca a solução para essa inconsistência da forma mais rápida possível. Assim que a comunicação entre os sistemas estiver restabelecida, os resultados serão informados e os convites para novos testes voltarão a ser enviados.

Quem já recebeu o QR Code pode procurar o local indicado no aplicativo até esta quarta-feira (02/09). O teste será realizado e amostra enviada ao Lacen-GO.

O prazo planejado para liberação dos resultados, após a primeira semana de funcionamento do aplicativo no Estado, foi de até cinco dias, e não de 72 horas. Isso por conta de toda a logística de receber a amostra do interior, enviar para um laboratório em outro estado, o tempo da análise no laboratório, mais o lançamento no sistema.

https://portal6.com.br/2020/08/20/o-que-moradores-de-anapolis-enfrentam-ao-sair-de-casa-para-participar-de-testagem-em-massa/

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade