PublicidadePublicidade

Garotinha viraliza com pedido emocionante ao Papai Noel e vai ter sonho realizado por hospital

Mãe dela encontrou a cartinha no meio da árvore e em poucas horas milhares de pessoas já haviam se mobilizado

Avatar Gabriella Licia -

Uma garotinha de 11 anos, moradora da Cidade Ocidental, no entorno do Distrito Federal, deve receber nesta terça-feira (15) um grande presente antecipado de Natal.

É que Maria Julia nasceu com uma deformidade no coração muito severa, conhecida como “Síndrome do meio coração”. Mesmo após passar por oito cirurgias, ela agora precisará de um cateterismo de urgência.

Envolvida no espírito natalino e cheia de esperança, a garotinha comoveu milhares de pessoas nos últimos dias, depois de escrever um cartinha ao Papai Noel pedindo que fosse presenteada com o procedimento cirúrgico.

PublicidadePublicidade

“Este ano aconteceu uma coisa que me deixou chateada. Eu comecei a inchar em algumas partes do meu corpo”, escreveu.

“Este Natal o meu presente seria esse o cateterismo. Eu ficaria muito feliz se você conseguisse, para eu parar de inchar”, pediu Maria.

cartinha de maria julia ao papai noel

cartinha de maria julia ao papai noel

A mãe, Arilene Maria Fontinele, de 41 anos, encontrou o papel na árvore de natal. Em entrevista ao G1, ela contou ter se sentido impotente e triste por não poder ajudar a criança.

Emocionada, a genitora ainda tirou uma foto da cartinha e enviou para uma amiga no Whatsapp. Esta amiga, com o coração despedaçado, pediu para divulgar nas redes sociais. Em poucas horas, a publicação viralizou.

Segundo Arilene, a menina aguarda desde setembro pela cirurgia e toda semana as duas viajam os 200 km que separam a Cidade Ocidental de Goiânia para que ela passe por atendimento médico.

A mãe ainda sustenta que o estado de saúde de Maju vinha piorando consideravelmente devido aos batimentos comprometidos da filha. O cansaço e os inchaços já estavam se tornando parte do cotidiano.

O presente

O caso chegou até o Hospital da Criança de Goiânia. As equipes se sensibilizara com a história e decidiram conceder o cateterismo sem nenhum custo para Maria Julia.

“Fomos muito bem recebidas, com livros e café da manhã. Ela ficou muito contente”, disse a mãe.

“Eu fiquei com um sentimento de gratidão que só uma mãe pode entender. Ao mesmo tempo, fiquei também de coração partido. Na inocência dela é só fazer o cateterismo e vai ficar tudo bem, mas pode ser que não seja assim, caso seja necessário um transplante”, finalizou receosa.

Mesmo sem entender a atual situação em que vive, a garotinha está pronta para a cirurgia e esperançosa de que terá dias melhores.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade