PublicidadePublicidade

Adolescente confessa assassinatos em Anápolis e explica o porquê dos crimes

Apreensão do menor foi feita pelo GIH nesta sexta-feira (18), após a conclusão das investigações

Da Redação Da Redação -

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da Polícia Civil concluiu nesta sexta-feira (18) a apuração da morte de Jeverson Gonçalves de Souza, de 28 anos.

Ele foi assassinado a tiros, na tarde do último dia 04 de maio, no Conjunto Filostro Machado, região Leste de Anápolis.

De acordo com a corporação, o autor é um adolescente de 17 anos, que encontrou a vítima nas proximidades de uma borracharia e efetuou três disparos, um deles na cabeça. Jeverson ainda tentou fugir, mas não conseguiu.

PublicidadePublicidade

Durante o interrogatório, o menor infrator também confessou ter matado Ângela Gabriela Alves, de 19 anos, em novembro do ano passado.

Na ocasião, a jovem foi assassinada por engano quando indivíduos armados com escopetas e revólveres invadiram a casa dela no Jardim Primavera, no extremo Sul de Anápolis, e dispararam aleatoriamente no local. Eles estavam atrás do irmão da moça.

A execução de Jeverson teria sido motivada justamente porque o autor ficou sabendo que a vítima teria emprestado um carro para que familiares de Ângela se vingassem dele e dos outros comparsas, já detidos pela morte da garota.

O adolescente, que deverá responder por ato infracional análogo a homicídio qualificado, está no Centro de Atendimento Socioeducativo de Anápolis (Case), à disposição da justiça.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade