PublicidadePublicidade

Ampliação do Daia é vitória da união do povo de Anápolis

Amilton Filho Amilton Filho -
(Foto: Reprodução)

União é um termo batido, um chamado “lugar-comum” do vocabulário político. Gestores, parlamentares, líder governistas ou de oposição, costumam falar em “união” quando querem propor um plano de trabalho ou de atuação e precisam angariar apoios. Por isto mesmo que quero destacar esta palavra e este conceito para tratar de uma das conquistas mais importantes deste século para Anápolis: a ampliação da área do Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia).

O destravamento de uma área que antes estava reservada para a Plataforma Logística Multimodal configura-se de um dos temas de grande relevância para Anápolis e para Goiás dado o tempo de espera de mais de 20 anos que os anapolinos levaram para conseguir este benefício. Foram diversas gestões, vários foram os discursos na Câmara Municipal, dezenas de atores políticos e classistas que encamparam esta luta.

Ampliar o Daia é uma demanda com múltiplos desdobramentos: é a garantia de atração de novas indústrias para Goiás, a prospecção de aumento de arrecadação da cidade de Anápolis e a possiblidade real de geração de milhares de novos empregos para anapolinos e anapolinas. Desde os anos 1990 este debate é recorrente sem, no entanto, ter sucesso.

PublicidadePublicidade

E foi justamente a união – não a do discurso solto, protocolar, mas a união efetiva, dentro de um plano de trabalho, que possibilitou este cenário. Esta é uma das bandeiras que eu – um político da nova geração – trago por toda a minha vida pública. Desde os tempos de Câmara Municipal temos este desejo e nestes últimos dois anos na Assembleia Legislativa pudemos intensificar as negociações com o Governo de Goiás. Com o decisivo apoio e o peso político do prefeito Roberto Naves, conseguimos apresentar um plano lógico e convencer outro ator fundamental, o governador Ronaldo Caiado, de que a destituição da área do protótipo da Plataforma Multimodal e seu repasse à Codego seria fundamental.

E assim aconteceu. Hoje, uma área de 175 hectares se une aos quase 600 hectares do Daia original para se tornar o Daia 2.0, ou seja, um novo espaço para que se escreva um novo capitulo da Economia de Anápolis e de Goiás.
Após enviar à Assembleia Legislativa o projeto, conseguimos nova união, a dos deputados – com destaque à atuação dos colegas anapolinos – pela sua rápida aprovação. Agora, a Codego tem autonomia para gerir o espaço e promover a distribuição a novos investimentos.

Esta é uma vitória que tenho a honra de comemorar num âmbito pessoal, dado os anos de luta política e por ser testemunha de tantos outros personagens que deram a sua contribuição. Também me uno à cidade, ao prefeito Roberto Naves, à Câmara Municipal e a todo o segmento classista da Indústria nesta celebração da nova fase do Desenvolvimento Econômico e Social de nossa cidade, justamente no mês em que comemoramos o aniversário de nossa cidade

Parabéns a Anápolis e aos anapolinos!!!

Amilton Filho é advogado e deputado estadual pelo Solidariedade. Escreve todas às quartas-feiras. Siga-o no Instagram.

As ideias e opiniões expressas no artigo são de exclusiva responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, as visões do Portal 6.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade