PublicidadePublicidade

Os detalhes do caso das garotas que foram violentamente sequestradas saindo de bar de Anápolis

Quando resgate chegou, encontrou as duas no porta-malas e uma tinha as mãos amarradas

Da Redação Da Redação -
(Foto: Divulgação)

Foi de dentro de um porta-malas que uma jovem de 26 anos conseguiu pedir ajuda para tirar ela e a amiga de uma situação assustadora, no Jardim Alexandrina, região Norte de Anápolis.

No final da noite desta sexta-feira (16), as duas estavam saindo de um bar, quando foram abordadas por um rapaz de 18 anos, que anunciou um assalto.

Ele teria ameaçado atirar na cabeça delas se não cooperassem e mostrou que tinha uma arma. Depois, fez as duas moças se apertarem no porta-malas, sendo que uma teve as mãos amarradas.

PublicidadePublicidade

A outra vítima conseguiu esconder o celular na roupa e, mesmo assustada, pediu ajuda para familiares e enviou uma localização em tempo real. Através disso é que o veículo foi encontrado pela Polícia Militar.

Inicialmente, o suspeito tentou empreender fuga, mas obedeceu a ordem de parada das autoridades policiais e confessou que tinha roubado o carro para pagar uma dívida.  Já a arma de fogo era, na verdade, um simulacro.

Os agentes também libertaram as duas vítimas, que passaram um grande susto, mas não se feriram.

O envolvido no crime foi encaminhado à Central de Flagrantes e autuado pelo crime de roubo.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade