PublicidadePublicidade

Homem é levado às pressas para o HEANA e morre após várias reanimações

Família procurou a Polícia Civil para registrar o caso

Da Redação Da Redação -
Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo. (Foto: Reprodução)

Desespero e tristeza foram as palavras que marcaram a madrugada desta segunda-feira (16) de uma família de Anápolis, que ouviu uma notícia que ninguém deseja.

É que um homem, de 43 anos, teve o óbito confirmado por uma equipe médica depois de dar entrada no Hospital Estadual de Anápolis Dr. Henrique Santillo (HEANA).

A vítima teria sido socorrida e levada para a unidade horas antes, depois de repentinamente ser acometida por uma parada cardíaca e passar por reanimação.

Sob os cuidados dos profissionais, o paciente ainda teria sofrido várias outras paradas e, por fim, acabou não resistindo.

Familiares, que suspeitam que o homem fazia uso de entorpecentes, procuraram a delegacia para registrar o caso como morte acidental.

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade