PublicidadePublicidade

Em entrevista na TV, Nicodemos Júnior diz que pode ter sido “mal-interpretado” por pacientes

Médico investigado por crimes sexuais também relevou que a esposa chegou a ver mensagens trocadas com as vítimas

Da Redação -
Nicodemos Júnior Estanislau Moraes
Médico Nicodemos Júnior é acusado de abuso e assédio por mais de 50 mulheres (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Em entrevista à Record na noite desta terça-feira (05), o ginecologista Nicodemos Júnior se defendeu das acusações que mais de 50 mulheres registraram contra ele na Polícia Civil de Anápolis por crimes sexuais durante e após atendimento.

No vídeo, que o Portal 6 reproduz a seguir, o médico diz que “trabalhar com sexualidade” é muito difícil e acredita que pode ter sido “mal-interpretado” pelas pacientes.

Ele também negou que tenha oferecido procedimentos em troca de sexo e fez uma revelação ao ser confrontado com mensagens de cunho imoral que enviou para clientes.

PublicidadePublicidade

“Foi uma brincadeira. Até considero que as vezes pode ser considerado de mal gosto. Esse erro eu assumo que eu cometi, de brincar e fazer algumas conversas. A minha esposa já viu umas conversas dessas e disse assim ‘nossa, mas você faz isso?”, disse.

O Ministério Público já atua para reverter a situação de Nicodemos e colocá-lo de volta na cadeia sob o argumento principal de que, estando livre, ele pode atrapalhar a produção de provas.

PublicidadePublicidade

Você tem WhatsApp ou Telegram? É só entrar em um dos grupos do Portal 6 para receber, em primeira mão, nossas principais notícias e reportagens. Basta clicar aqui e escolher.

PublicidadePublicidade